Gosto de sentir saudades

Meus olhos se abrem, mas não é o que enxergo que vejo
meus ouvidos estão atentos mas não é o som ambiente que ouço
 Há muitos aromas no ar mas sinto apenas um perfume
 Faço coisas, me movimento, interajo com objetos
 mas é outra coisa que sinto tocar

Então meu coração se aquece
 os meu olhos passam a brilhar
 respiro mais fundo
 e descubro que acordei
 e você não está aqui

Meus sentidos voltam à realidade
 Ouço os carros barulhentos da cidade
 o cheiro da poeira e poluição
 o toque plástico do teclado
 a luz do monitor
 você não está aqui

é difícil engolir...

Mas como é bom me sentir assim
 sinto falta, sinto saudades
 dá vontade de chorar
 minha poesia é mais real ainda
 E isso só me prova uma coisa:

Eu te amo! (?)

[R.G. Dude]