Sacrifício

A PÁSCOA JÁ PASSOU, MAS O SACRIFÍCIO DE JESUS É ETERNO!

Essa imagem tem algumas informações que te ajudarão a ter uma visão melhor da crucificação


É interessante fazer o papel de Jesus na encenação da Paixão de Cristo. Principalmente da maneira como foi essa última vez. Cada vez que faço aprendo algo novo de Deus. Já fiz Jesus em peças, já fiz em ministrações do encontro. Já tive mesmo, várias vezes, que, literalmente, carregar a cruz. E aprendi muito fazendo isso. Dessa última vez escolhi fazer um jejum que era pra ser à pão e água mas acabou sendo um jejum total. E eu sei, eu sinto, eu sai diferente dessa apresentação. Eu sai mais calmo, com mais fé, mais seguro. Eu não sei muito por que. Na verdade estava até receoso por causa da responsabilidade e seriedade que é representar nosso Senhor. Às vezes, quando olhamos pra nossa vida, não nos achamos dignos de realizar tal papel. Mas foi isso, eu me senti aceito, me senti compreendido por Deus e sai de lá com se tivesse recebido novas forças para vencer as lutas, essas que me fazem recear diante da responsabilidade deste papel. Estou muito feliz pois conseguimos a proeza, conseguimos passar a mensagem e aprender a mensagem. Ninguém veio me agradecer ou dar parabéns, mas eu estou tão bem que isso não é tão importante, pode ser isso também, se eu esperasse receber o reconhecimento humano eu acabaria perdendo o que vem do alto, como não esperei nem recebi o reconhecimento humano, acabei por receber aquele que do alto vem! E para o alto volta agora, veio de Ti e volta para Ti , Senhor! Minha arte, meu louvor, minha expressão! Tu és minha inspiração! Para servir e vencer os desafios que me são propostos! Vencemos juntos, Senhor. Ah! E obrigado pela equipe maravilhosa que esteve ao meu lado. Pela liderança do teatro e pelo coral e pelo Adelson, e pela Ana que me auxiliou, e tantos ... que nem sei ... Obrigado!